Dia das Mães: como prevenir melasmas e estrias durante a gravidez?

Dia das Mães: como prevenir melasmas e estrias durante a gravidez?

Há mulheres que desde a infância sonham em ser mãe, têm a vontade de ver a barriga crescer e se transformar durante a gestação de um bebê. Mas, entre todas as mudanças que acontecem no corpo com a gravidez, duas questões relacionadas à pele – e que são motivos de queixas nos consultórios dos dermatologistas – podem ser evitadas para que não comprometam a beleza e a autoestima das futuras mamães: o melasma e as estrias. 

De acordo com informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é o aumento dos hormônios femininos, em particular a progesterona, que influencia diretamente os hormônios reguladores da síntese da melanina (pigmentação da pele) e a síntese de colágeno (distensão da pele), possibilitando o aparecimento de estrias e manchas. 

Melasma pode ser controlado

O melasma são manchas de tom amarronzado que surgem, em geral, nas sobrancelhas, bochechas e sobre o lábio superior, mas também podem acometer outras regiões do corpo, como colo e braços. Mulheres com idade entre 25 e 40 anos são as mais afetadas. “Dividimos o melasma em três categorias: epidérmica, quando acomete somente a camada mais superficial da pele; dérmica, com ocorrência das manchas na derme superficial e profunda; e, por fim, a forma mista, caracterizada por surgimento das marcas na epiderme e derme. Determinar o tipo é essencial para o tratamento”, afirma o Dr. Cristiano Kakihara, dermatologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia

O médico comenta que para o tratamento o mais comum é prescrever a associação de terapias à paciente. “O uso de medicações tópicas (“cremes”) e orais, combinado com aplicação de tecnologias, oferece resultados consistentes e muito bons”, sugere. 

Para uso em consultório, há opções como o Meso Ox White, da Skymedic, que contém uma associação de ativos clareadores para melasma e manchas hipercrômicas, e o Pearl Melasma, da Karatica, com o exclusivo Neurolight 61G que atua reduzindo o tamanho dos dendritos do melanócito. 

Para prevenir o surgimento do melasma, a Dra. Carla Bortoloto, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC) e da American Academy of Dermatology (AAD), orienta que as gestantes façam uso do protetor solar FPS 30 (no mínimo), aplicando-o várias vezes ao dia. “E, como os tratamentos só podem ser realizados após a fase de amamentação, caso a futura mamãe já apresente alguma marca na pele, a dica é recomendar a ela o uso de protetor solar com cor, para que ele funcione como um ‘disfarce’ para o melasma neste primeiro momento. O uso do hidratante também  deve ser indicado, para evitar o ressecamento da pele”, comenta.

Estrias: oriente a prevenção

As estrias podem surgir no corpo da gestante devido razões como alterações hormonais, predisposição genética, superesticamento da pele e esgarçamento das fibras elásticas. Barriga, seios, região interna das coxas e os flancos são as partes do corpo mais propensas ao surgimento. 

Um temor para muitas mulheres, as “cicatrizes” das estrias podem – e devem – ser evitadas antes de se instalarem em definitivo no corpo da paciente grávida. Segundo a SBD, um cuidado essencial é recomendar o controle do peso, evitando que a pele sofra grandes distensões. Já o uso de cremes hidratantes é uma prática comum, sendo benéfica para a manutenção da qualidade da pele, apesar de não existir evidência científica da correlação com a prevenção de estrias na gestação.

O tratamento é considerado um desafio e, muitas vezes, apresenta resultados não satisfatórios. Entretanto, a SBD indica que ele seja iniciado quando as estrias ainda estão rosadas, de forma isolada ou em associação, com o uso de cremes com ácido retinóico, com ácido glicólico ou com vitamina C, entre outras alternativas. Lembrando que nem todos os tratamentos podem ser feitos durante a gestação.

No portfólio da Ensofill, para estrias, temos o Stretch Marks, da Skymedic. Com ácido hialurônico em sua fórmula, indicado para uso médico, é uma associação de ativos para mesoterapia ou drug delivery para combate às estrias e cicatrizes de todos os tipos. Já o Meso Ox Hyal pode ser mesclado pelo dermatologista com outros itens da linha Meso Ox em procedimentos de estrias e cicatrizes. 

Tenha em sua clínica ou consultório os melhores produtos para o tratamento de melasmas e estrias. Conte com a Ensofill para oferecer opções de qualidade às suas pacientes. Fale com um dos nossos representantes. 

Crédito da Imagem: gpointstudio – iStock

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *